08 abril 2017

Saiba mais sobre as mudanças na monetização de vídeos no Youtube!

No último dia 06 (quinta-feira) o Youtube anunciou mudanças nas diretrizes de monetização de vídeos, informando que canais com menos de 10 mil visualizações totais não poderão mais monetizar seus vídeos, e desde então há várias dúvidas por parte dos criadores de conteúdo da plataforma. No dia 20 de Março foi publicado em seu blog oficial um post falando sobre o reforço que será implementado para anunciantes e criadores. Falarei aqui um pouco mais sobre as mudanças na monetização de vídeos no Youtube!

Youtube anúncia mudanças na monetização de vídeos e canais com menos de 10 mil visualizações não poderão mais gerar receita.


A quase uma década qualquer pessoa com câmera ou celular tem transformado suas ideias em carreira, fazendo de seu canal uma oportunidade para ganhar dinheiro e levar a vida. Porém, o conteúdo que as marcas querem vincular anúncios é diferente do conteúdo livre que está tomando conta do Youtube. Depois de perder grandes anunciantes, e receber duras críticas, foi anunciado uma série de ações que serão aplicadas na monetização de vídeos, informado aos criadores como essas mudanças os podem afetar.


Posição mais dura sobre o discurso de ódio: Serão aplicadas políticas mais amplas na desmonetização de vídeos que são vistos como destetáveis, isso incluí remover anúncios de vídeos que atacam pessoas com base na sua religião, raça, gênero ou categorias semelhantes. 

Reforço dos controles de anunciantes para anúncios de vídeo e de visualização: Nas próximas semanas serão adicionados novos controles para os anunciantes excluírem seus anúncios e escolherem onde pretendem que sejam exibidos.

Ainda de acordo com a nota publicada, a intenção é que o YouTube permaneça um lugar onde os criadores possam se expressar enquanto ganham, os consumidores de conteúdo possam descobrir novas vozes e  os anunciantes tenham um lugar para atingir o público desejado. Para manter essa dinâmica em andamento, os anunciantes precisam se sentir confiantes de que seus anúncios estão aparecendo onde devem. Embora as restrições de anúncios possam parecer limitantes, elas são essenciais para proteger a subsistência dos criadores, as medidas atuais ajudarão a garantir que o ciclo virtuoso entre criadores, fãs e anunciantes permaneça forte nos próximos anos.

Leia na integra: Strengthening YouTube for advertisers and creators

Se você estiver vendo flutuações em sua receita, é porque estão ajustando os sistemas de anúncios para solucionar essas preocupações. Embora isso possa ser desagradável, estão trabalhando o mais rápido possível para melhorar os sistemas, para que os anunciantes se sintam mais confiantes na plataforma e as receitas continuem a fluir para os criadores, já que a receita de todo mundo caiu drasticamente.

O que você pode fazer?

Se seus vídeos monetizados estiverem com queda na receita, reveja as miniaturas, títulos e descrições para garantir que eles representem com precisão o conteúdo em seu vídeo e estejam alinhados com as diretrizes de conteúdo do anunciante.

Conteúdos considerados inadequados para publicidade incluem, entre outros:
  1. conteúdo com conotação sexual, inclusive nudez parcial ou humor com referências sexuais;
  2. violência, inclusive exibição de lesões graves e eventos relacionados ao extremismo violento;
  3. linguagem imprópria, inclusive assédio, palavrões e linguagem vulgar;
  4. promoção de medicamentos e substâncias regulamentadas, inclusive venda, uso e consumo excessivo desses itens;
  5. assuntos e eventos polêmicos ou delicados, inclusive aqueles relacionados a guerra, conflitos políticos, desastres naturais e tragédias, mesmo que as imagens não sejam explícitas;
Saiba mais AQUI

Se você acha que seu vídeo foi desmonetizado por engano, solicite uma análise manual clicando no ícone $ amarelo ao lado do vídeo no Gerenciador de vídeos. Você será notificado assim que uma decisão for tomada sobre a análise e, se for bem-sucedida, seu vídeo será imediatamente monetizado novamente e terá um ícone $ verde. Você pode saber mais sobre como solicitar uma análise manual aqui.

Dentro de algumas semanas também estarão adicionando um processo de revisão para os novos criadores que se inscreverem no Programa de parceiros do YouTube. Depois que um criador atingir 10 mil visualizações totais em seu canal, sua atividade será revista, se tudo estiver bem, o canal será adicionado ao YPP e começará a veicular anúncios de acordo com seu conteúdo.

Sites e blogs sempre foram bastante fiscalizados, desde a aprovação na monetização até na atividade, qualquer erro já perdem os ganhos e direitos de exibição dos anúncios. É esse patamar de exigências que será incluído no Youtube, para que a receita vá para os criadores que seguem as diretrizes da comunidade.

Qualquer dúvida não hesite em perguntar na Comunidade de ajuda do Youtube, onde dispõe de especialistas para esclarecer as dúvidas!

Um comentário:

  1. Acho legal da parte deles implementar esse tipo de coisa, já que agora tem MUITO conteúdo sendo postado a cada dia. Assim parece que fica mais sério, pras pessoas também refletirem sobre o que postam x)

    Beijos!
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir

- Os comentários são de responsabilidade de seus respectivos autores!
- Não são permitidos links que redirecionam diretamente para um post, vídeo ou sorteio. Comente porque gostou e não para se promover. Comentários que contenham esse tipo de link serão removidos.
- Seu comentário é muito importante para o andamento do blog e é um grande incentivo para mim, deixe sua opinião, dica, elogio, critica (com fundamento) ou sugestão.
- Deixe APENAS o link do seu blog para que eu possa conhecer. Comentários cheios de links também serão excluídos.
- Não ofenda nem desrespeite ninguém.
- Deixe a opção "Notifique-me" marcada para ser notificado(a) quando eu responder seu comentário!